Juiz barra aumento de combustível.

Com a crise do país, o governo "não" tem outra opção se não aumentar o preço das coisas, desta vez foi o combustível (gasolina, etanol e diesel). Mas para a felicidade e alívio da população brasileira, o juiz federal Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília, pediu o cancelamento do decreto feito pelo governo que elevou a alíquota do PIS/COFINS que recai sobre o combustível.

Segundo a Advocacia-Geral da União, a notificação sobre a decisão precisa ser presencial, isto é, por meio de um oficial de justiça. A AGU disse que recorrerá da decisão, e isto deve acontecer ainda nesta terça-feira.

A tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro. E a tributação sobre o diesel subiu em R$ 0,21 e ficou em R$ 0,46 por litro do combustível. Já a tributação sobre o etanol subiu R$ 0,20 por litro.


 Fonte: G1

Postagens mais visitadas deste blog

Novas Vozes: O Poder da Mídia

33° Congresso FIEP acontece em janeiro na cidade de Foz do Iguaçu

Vício em games a nova doença de acordo com a OMS