Simone Veil, quem aprovou o aborto na frança, morre aos 89 anos.

A francesa sobrevivente do Holocausto, Simone Veil, faleceu com 89 anos, nesta sexta-feira (30/06), na sua casa em Paris. A noticia foi confirmada por sua família.

Simone, uma política francesa, que sobreviveu ao campo de extermínio  Ravensbruck. Ela tinha um número de identificação no seu braço, o número era 78651.

Ela defendia o direito de liberdade civil e integração europeia. Foi a primeira presidente do parlamento europeu, eleita em 1979.

Ela lutou aguerridamente contra um Parlamento e dividiu a opinião pública para levar adiante um projeto de lei que se tornou conhecido como a "Lei Veil", fazendo da França o primeiro país majoritariamente católico a legalizar o aborto.

Foi reconhecida mundialmente após aprovar a lei do aborto em seu país em 1974 quando era ministra da saúde.

Fonte: Yahoo

Postagens mais visitadas deste blog

Novas Vozes: O Poder da Mídia

33° Congresso FIEP acontece em janeiro na cidade de Foz do Iguaçu

Vício em games a nova doença de acordo com a OMS